O DIA EM QUE PERDI AS RÉDEAS

Sempre que penso em nossa estrutura corpo-psíquica imagino um cavaleiro montado. O cavaleiro é a mente, o cavalo é o corpo e as rédeas a consciência. Domamos nossos cavalos, montamos num piquete fechado, aprendemos a usar as rédeas, estamos seguros na fazenda. A cavalgada começa quando pegamos a estrada da vida adulta.

Continue lendo “O DIA EM QUE PERDI AS RÉDEAS”

NO BOEING 777 DA MALÁSIA

O que mais se vê por aí são especulações sobre o desaparecimento do Boeing 777 da Malaysia Airlines. Vou citar algumas delas pra vocês se envolverem no assunto logo no primeiro parágrafo: falha técnica, explosão no ar, terrorismo, suicídio do piloto, erro humano etc. Na memória de todos voltou à tona o caso do voo 447 da Air France, que fazia Rio-Paris e desapareceu em 2009. Mas essa tragédia me lembrou mesmo a do Titanic.
Continue lendo “NO BOEING 777 DA MALÁSIA”

O SADISMO DA BIKRAM YOGA

Há pouco mais de um ano, me mudei para um apartamento com vista para os prédios do outro lado da rua, sendo um deles a filial de Botafogo da Bikram Yoga. Desde então, saio do prédio e penso: hum… qualquer dia eu vou experimentar essa aula, seria o adianto me exercitar em frente de casa. Mas nunca tinha tempo ou disposição para concretizar tal pensamento.
Até que…

Blog no WordPress.com.

Acima ↑